Confira 5 dicas de como cuidar do seu colchão para uma melhor conservação

Confira 5 dicas de como cuidar do seu colchão para uma melhor conservação
Ele é indispensável para termos uma boa noite de sono e recuperarmos as nossas energias para o dia seguinte. Afinal, sem um correto descanso, ficamos excessivamente cansados e com baixos níveis de concentração e memorização. Mas será que você sabe, de fato, como cuidar do colchão para conservá-lo adequadamente? Pensando nisso, reunimos 5 dicas importantes para ajudá-lo nessa missão e garantir que você tenha não só mais conforto, como também mais qualidade de vida. Acompanhe! 1. Ventile adequadamente o seu quarto A nossa primeira dica de como cuidar do colchão é garantir a ventilação do cômodo. A adequada circulação de ar é a forma mais eficiente de retirar a umidade do produto, que pode, inclusive, provocar odores desagradáveis causados pela absorção do suor. Para tanto, mantenha as entradas de ar (portas e janelas) abertas por, pelo menos, duas horas diariamente. Também é interessante remover a roupa de cama durante esse período, para que o colchão “respire” — especialmente durante o inverno, quando se usa muitas peças, como edredons, cobertores, lençóis, mantas etc. 2. Utilize um protetor de colchão Outra dica é utilizar um protetor diariamente. Essa peça atua de maneira multifuncional para aumentar a conservação do colchão. Por ser impermeável, ela impede que o suor chegue ao tecido e provoque manchas — ação indispensável para quem sofre com sudorese excessiva (hiperidrose). Além disso, a capa oferece proteção contra o acúmulo de poeira, pelos de animais e afins, que formam um ambiente proliferador de ácaros, bactérias e fungos — microrganismos causadores de alergias e doenças das vias aéreas, como sinusite e rinite. 3. Vire e gire o seu colchão mensalmente Um macete simples e bastante útil para a conservação do colchão é virar o produto e girá-lo uma vez por mês. Para isso, você só precisa estabelecer uma data fixa para ser o “dia do giro” e tornar isso um hábito seguido à risca. Afinal, a ação não dura mais do que alguns minutos e evita o surgimento de deformações decorrentes do tempo de uso e que aceleram o desgaste do produto, como afundamentos, que ocorrem por conta da pressão contínua do corpo contra a superfície do colchão. 4. Higienize o produto com bicarbonato de sódio Se você percebeu a presença de odores ou manchas no colchão, saiba que há uma maneira ecológica e bastante prática de resolver esses problemas. Trata-se de usar uma solução com bicarbonato de sódio para higienizá-lo, visto que a substância possui ação bactericida. A aplicação é bastante simples. Para remover cheiros desagradáveis, você deve retirar a roupa de cama e aplicar o bicarbonato sobre a superfície do colchão, deixando agir por cerca de 30 minutos. Não é recomendado que você esfregue o produto, ok? Feito isso, remova-o com o auxílio de um aspirador. 5. Não dobre o seu colchão Por fim, nunca dobre o seu colchão. Apesar de parecer uma questão óbvia, acredite: há quem o faça. Como resultado, a estrutura pode sofrer sérias deformações que vão desde rompimentos da espuma até danificações nas molas. Com isso, a superfície do colchão pode ficar desnivelada causando dores de coluna, tensões musculares, desconforto constante — e a sua qualidade de sono cairá drasticamente. Portanto, caso queira transportá-lo de um cômodo para o outro ou entre duas residências, por exemplo, leve-o sempre na vertical. Gostou das nossas dicas de como cuidar do colchão? Então não deixe de adotá-las no seu cotidiano para garantir a conservação e, consequentemente, a utilidade desse item fundamental no seu dia a dia! Aproveite e compartilhe este post com seus amigos e familiares nas redes sociais — para que eles também saibam a maneira correta de preservar o colchão!
  10 Meses atrás
0 Comentário(s)
Adicionar comentário
Usuário
Comentário*
Endereço de e-mail: